24 de ago de 2015

solar:
(só)l
ar.

quem sabe, um dia, o seu respiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário