25 de mai de 2014

da mudez

há tempos que o tempo se emudeceu,
aquietou-se.

tempos de poesia alguma.
paira a quietude,
paira por aqui.



3 comentários:

  1. olha eu ia reclamar mas foi um adeus tão poético! Volta Dam!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awn :) Muito obrigada pelo carinho! Volto sim. #breve

      Excluir
  2. A minha poesia geralmente grita quando fico muda, estática, sem saber como verbalizar o que é só sentimentalidades...

    ResponderExcluir